Em meio a 150 milhões de arquivos, como ser visto?

Profissionais ou amadores, muitos fotógrafos e designers apresentam portfólio nos chamados microstock sites ou sites de bancos de imagens.

Essa é uma excelente ideia, pois os sites funcionam como vitrines que capturam o olhar de agências de publicidade, conteúdistas de jornais, revistas e produtores audiovisuais.

foto por John Schnobrich

Ao pesquisar o assunto percebemos que há vários blogs oferecendo dicas pingadas para chamar sua atenção: 5 Dicas, 10 Dicas, 7 Dicas Mais, 3 Dicas, etc.

Resolvemos reunir e sintetizar dicas encontradas nos 100 primeiros resultados relevantes do Google para as palavras-chave: tips for a great portfolio at stock image sites (dicas para montar um excelente portfólio em bancos de imagem).

Imagine só – algumas dicas se contradizem!

Nossa sugestão é que você observe e escolha a melhor estratégia!

1ª Dica: Nada de desordem

Ao fotografar imagens com o intuito de comercializá-las em sites de bancos de imagens, atente para o enquadramento e certifique-se de que seu tema seja o principal e que esteja claramente representado na imagem.

Fotos que não definem um contexto (sem um foco), ou que apresentam algum detalhe que tenha a possibilidade de tirar a atenção do que realmente deveria importar não devem fazer parte de um portfólio nos bancos de imagem.

2º Dica: Pense como um publicitário

Fotos disponíveis em bancos de imagem são, a maior parte das vezes, utilizadas para publicidade. Ao planejar uma foto ou selecionar arquivos para seu portfólio pense em como ela poderia ser utilizada para a comercialização de produtos ou serviços.

3ª Dica: Disponibilize imagens “flexíveis”

Aproveite uma boa ideia e um bom momento e faça fotos com ângulos diferentes de uma mesma imagem, ou seja, a mesma foto com pequenas variações. Mas atenção! Não exagere no número de fotos, 3 ou 5 versões é o suficiente. Imagens tiradas de modo inteligente são capazes de servir a diferentes propósitos publicitários e tendem a funcionar bem

Photo by Parker Whitson

Nesse quesito, alguns profissionais também mencionaram a atitude de “pensar em série” e não em fotografias únicas. É óbvio que nem tudo que você fotografa poderá seguir esta diretriz, mas ter isso em mente ajuda a aproveitar as oportunidades durante trabalho para além do que você imaginou inicialmente. Por exemplo: se você tirar fotos de comida, aproveite para fazer um passo a passo de imagens desde os ingredientes, o modo de fazer até que o prato esteja finalizado. Designers, muitas vezes, buscam por mais de uma imagem que os ajude a detalhar melhor o layout que estão desenvolvendo e tentando vender! Desse modo, você terá mais chances de vender imagens e também de tornar o seu portfólio mais completo.

4ª Dica: Qualidade

Photo by James Baldwin

Procure por imperfeições em suas imagens. É recomendável ampliar as fotos até o tamanho real ou 200% e verificar a presença de ruído, distorção, granulação, ou problemas de composição, de iluminação, cor/brilho. Composições superexpostas, sobrepostas, excessivamente manipuladas ou de baixa resolução, enfim, todas essas características são consideradas motivos de rejeição por parte de revisores em bancos de imagens. No quesito qualidade, seja grande! Os anunciantes geralmente precisam de grandes versões de suas fotos para que possam editá-las e usá-las conforme a necessidade. Certifique-se de selecionar as fotos com a maior resolução possível (hi-res) ao fazer upload.

5ª Dica: Tema

No quesito qualidade, seja grande! Os anunciantes geralmente precisam de grandes versões de suas fotos para que possam editá-las e usá-las conforme a necessidade. Certifique-se de selecionar as fotos com a maior resolução possível (hi-res) ao fazer upload.

Quanto ao tema encontramos diversas sugestões, algumas delas são contraditórias, compare e aprecie “essa loucura”:


Dica

Como assim?
Escolha um tema como foco Concentrar em tirar fotos de um determinado assunto é uma opção para destacar o seu portfólio no site. Além disso, ter um foco pode transformar compradores de imagens únicas em clientes fiéis.

 

Escolha um tema relevante Os principais sites de imagem disponibilizam uma lista de palavras-chaves pelas quais demandam e que são relevantes ou irão complementar o banco de arquivos. Atente para elas.
Tendências e o que está “bombando” Grandes sites de imagem publicam anualmente as tendências estéticas e o que os clientes estão procurando, a exemplo do: Shutterstock
Tendências também são reveladas pelas palavras-chave de maior sucesso no site. Portanto, para ter uma boa ideia de qual tipo de foto está vendendo, cheque a seção de fotos mais populares.
Lance uma rede ampla Explore assuntos, avenidas e técnicas que você talvez não tenha considerado antes.
Diversidade cultural Fotos que apresentam diversidade cultural têm grande demanda no mercado. Clientes querem ver outras culturas e outras pessoas.
Imagens que mostram o anonimato  

São fotos com pessoas que não necessariamente identificam os indivíduos e, ainda assim, transmitem conceitos e sentimentos. Essas imagens não necessitam de licença e a presença de pessoas anônimas amplia a chance de uso da imagem para representar diferentes públicos.

Procure um nicho ou uma necessidade Todo mundo tem um nicho ao qual os demais não têm acesso. A questão é encontrá-lo, transformá-lo em imagens fortes e atender a uma demanda específica.
Imagens editoriais Imagens editoriais são destinadas para uso em reportagens na mídia ou para interesse público, com finalidade não comercial, tais como: artigos, livros de não ficção, documentários e publicações informativas. O conteúdo editorial pode ser uma boa forma de divulgação do seu trabalho no site, pois a demanda da mídia é constante e as imagens não requerem licenças.
Fotos com pessoas ou linguagem corporal Fotos com pessoas chamam a atenção e vendem mais, pois ajudam na identificação e representação de clientes. Já a linguagem corporal pode transmitir pensamentos, intenções ou sentimentos por meio das expressões faciais, postura corporal, gestos. Usar imagens que traduzem sentimentos com foco no rosto são uma ótima opção.
Seja único Conte uma história e conte-a do seu jeito. Coloque em destaque imagens que apresentam recursos técnicos que você utiliza de um jeito autoral para que o seu portfólio possa ser reconhecido entre muitos.
Datas comemorativas, feriados e festividades Se essa não é propriamente a sua “praia”, arrisque-se e não deixe de incluir em seu portfólio fotografias temáticas de natal, ano novo, aniversário, dia dos namorados, dia de ação de graças, carnaval, dia das bruxas, férias, casamento e as estações do ano é claro! Certifique-se de que esses arquivos estejam com título e palavras-chave característicos.

Decidir que é o melhor caminho, não é fácil! Mas, o importante é permanecer na estrada, então, vamos lá!

6ª Dica: Copy space (espaço negativo) & composição:

Photo by rawpixel on Unsplash

Para uma imagem ir de boa a ótima, requer um olho aguçado para composição. Se o plano de fundo estiver ocupado os designers terão apenas um número limitado de maneiras de usar sua foto. Permitir ao designer escolher a proporção de “espaço em branco” ou espaço negativo, bem como a opção de cortar a imagem pode ser uma maneira muito simples de agregar valor à sua fotografia.

7ª Dica: Evite o excesso de uso dos presets

Não se deixe levar. Quanto mais trabalho você coloca na imagem, mais reduz a possibilidade de comercialização da mesma. Se sua imagem parecer excessivamente processada, será difícil vender. Mantenha seus tratamentos na tendência, mas sutis, para que as imagens possam permanecer atemporais. Nesse quesito, tire partido da iluminação natural.

8ª Dica: Não se preocupe tanto com o equipamento

Não pense que você precisa ter o melhor equipamento para criar belas imagens. Fotos de qualidade também são feitas com o celular. Além disso, ao contrário de sites específicos para comunidades de fotógrafos, clientes que adquirem arquivos em bancos de imagem estão mais interessados naquilo que se adequa a seus interesses que em saber qual o equipamento utilizado pelos autores.

9ª Administre seus arquivos:

Photo by Chris Lawton

Organize seus arquivos por data e assunto para que você possa rastreá-los mais facilmente quando fizer upload (ou reenviar as fotos para outros sites). Com isso em mente, você também poderá adicionar título, descrição, palavras-chave, direitos autorais e informações de URL diretamente aos metadados de seus arquivos (isso pode ser feito no Adobe Bridge ou no Adobe Lightroom). Dessa forma, você não precisará redigitar essas informações todas as vezes que fizer o upload. É uma economia de tempo enorme

No portfólio é importante formar coleções, ou seja, separar os arquivos por conjuntos conceituais (pessoas, animais, objetos, mockups, amor, mulheres, crianças, pássaros, mar e sol, por tipo de cor, tipo de estilo fotográfico). Crie coleções práticas ou interessantes do ponto de vista temático com base nos seus pontos fortes. Pense em qualquer estilo ou técnica particular que você usa ao criar suas imagens.

Observe na tela o seu portfólio e verifique se as imagens fluem de maneira agradável de uma para a outra ao observador. Certifique-se da harmonia entre as cores e os ângulos das fotos exibidas.

10ª Dica: Quantidade, faça uploads!

Não é loteria, mas parece. Quanto mais arquivos você expor no site, mais chance terá de ser visto. E a dedicação de tempo para o upload de arquivos parece funcionar.

Por isso, programe-se para fazer do tempo de upload um hábito saudável. Desenvolva um fluxo de trabalho gerenciável. Fotógrafos de bancos de imagem lidam com um grande número de arquivos. É importante desenvolver um fluxo de trabalho para que os arquivos rapidamente saiam da sua câmera para pós-produção e daí direto para upload em sua biblioteca de imagens no site.

Adicione imagens ao seu portfólio em intervalos regulares. Estabeleça um cronograma e metas. Faça uploads e submeta seus arquivos!

11ª Dica: Planeje o seu trabalho

Defina o local, planeje cada sessão antes de realmente fotografar. Pense no seu portfólio quando estiver planejando as fotos. Prepare uma lista organizada e objetiva das fotos que pretende fazer. Ensaie e faça bom uso do tempo antes de cada sessão. Invista na construção de seu próprio estilo e use isso para contar histórias de um jeito que ninguém mais faz.

12ª Dica: Sempre tenha em mãos licenças de modelo e propriedade

Os bancos de imagem possuem formulários específicos para licenças de modelos, modelos menores de idade e propriedades privadas. Ao submeter seus arquivos, uma cópia desses documentos deve ser anexada à imagem, quando necessário. Evite fotografar logomarcas e marcas registradas. Às vezes é mais fácil mandar um(a) modelo(a) para casa e trocar de roupa, em vez de trabalhar horas para remover marcas registradas em centenas de fotos com o Photoshop.

O fotógrafo é responsável por arquivar as licenças de maneira organizada em seu próprio atelier. Atente para o fato de que esses documentos podem ser solicitados novamente pelos bancos de imagens a qualquer momento e sem qualquer motivo. Portanto, se você está na dúvida se uma foto precisa ou não de licença é melhor providenciar aquela assinatura!

13 ª Dica: Palavras-chave e descrições detalhadas

Photo by Fahrul Azmi

Use todas as palavras-chave que possam se aplicar à sua foto ao enviá-la. As palavras-chave refletem como a imagem será pesquisada no site, por isso, certifique-se de mencionar: “onde”, “o que”, “quem”, “quando”, “por que”, cores, emoções, estações, etc.

No entanto, nunca inclua palavras que não estejam relacionadas à imagem com a intenção de obter maior número de visualizações. O uso de tags incorretas tornou-se um problema para os grandes sites de imagem que chegaram a avisar certos fotógrafos de possível impedimento ou bloqueio no upload de arquivos.

Título: use de 2 a 6 palavras para descrever de forma objetiva e sucinta a sua imagem.

Descrição: 1 frase ou até 3 linhas. Repita exatamente o título na descrição e as palavras utilizadas em ambos no campo de palavras-chave.

Palavras-chave: concentre-se principalmente em palavras descritivas (cão, pôr do sol, flor, grama, animal, planta, sapato, sabonete) e não se preocupe em incluir palavras conceituais (felicidade, saúde, desprezo, saudade, carinho, sorte), pois elas raramente são usadas por clientes nas buscas do site. Veja um exemplo de guia de palavras chaves do Getty Images

14ª Dica: Participe de competições fotográficas

Participe de competições e concursos de fotografias oferecidas em sites de bancos de imagens e também em outros locais na internet. Essa é uma ótima maneira de valorizar o seu portfólio e construir sua reputação profissional.

15ª Dica: Dê prioridade aos grandes

Concentre a maior parte de sua energia e tempo para fazer upload e construir seu portfólio nos grandes sites de imagem – mais populares e bem estabelecidos – ou seja, sites que realmente vendem arquivos: Shutterstock, Fotolia/Adobe Stock, iStock, Getty Images, Dreamstime, Depositphotos.

Veja uma lista com mais 70 opções aqui!

Bom, saiba que nesses sites o seu portfólio irá competir com milhões de arquivos, por isso não se esqueça do PHOTOVIDEOBANK que pode dar aquela atenção especial e destaque para a sua arte!

16ª Dica: Pense nas miniaturas

Imagens que parecem boas como miniaturas tendem a ser mais populares. Isso ocorre porque os clientes de sites de imagens pesquisam as fotos no banco de dados como miniaturas. Por isso, certifique-se de que suas miniaturas pareçam agradáveis e atrativas!

17ª Dica: Redes sociais

Compartilhar o link do seu portfólio nas redes sociais ajudará na indexação mais rápida e classificações melhores nos sites de busca.

Se você tem o seu próprio site, blog, página do Facebook, Tumblr, Twitter, etc., use esses canais para promover o seu portfólio. Use quaisquer blogs ou comunidade oferecida pelos sites de bancos de imagens para interagir e promover suas fotos. Leia blogs de fotógrafos que efetivamente vendem em bancos de imagens. Participe de fóruns de colaboradores (se houver) e faça contribuições úteis.

Tire um tempo para colocar suas hashtags em dia. A escolha de uma variedade de hashtags amplas (#comida, #retrato, #tecnologia) e hashtags mais precisas que são superdirecionadas ao seu nicho (#retrato_perfeito, #oscar_niemeyer) é uma boa prática. Você pode usar o site Display Purposes para acelerar esse processo. Insira algumas hashtags populares recomendadas e copie e cole diretamente no seu Instagram ou em posts de outras redes sociais.

Vincular o seu portfólio no corpo do seu site ou blog pode resultar em significativos aumentos de tráfego. Tente criar uma página ou postagem de blog sobre sua fotografia e compartilhe esse link no Facebook. Isso faz com que o link adquira maior relevância

18ª Dica: Seu Perfil/biografia

Photo by Daniel Apodaca

Sua apresentação em sites de bancos de imagens é tão importante quanto o trabalho divulgado. Muitos fotógrafos se descuidam de recursos customizáveis de perfis. Preencher todos os campos e customizar o perfil significa apresentar um diferencial no site e ainda é um jeito de chamar a atenção e mostrar capricho para com os possíveis clientes.

Última dica: Fique tranquilo!

Depois de definir uma direção e cumprir o seu trabalho nos uploads aprecie o seu portfólio e aguarde. Nesse quesito, veja a dica de Yuri Arcurs, considerado um dos fotógrafos mais bem-sucedidos em vendas de arquivos nos sites de bancos de imagem atuais:

Fiz muita pesquisa em sites de bancos de fotografia e me deparei com um artigo interessante sobre como é necessário aproximadamente 200 fotos antes de você começar a notar vendas regulares e cerca de 1000 fotos antes de começar a trazer uma quantia decente de dinheiro por mês”. Yuri Arcurs.

 

Fontes:
As referências incluem site dentre os 100 encontrados que mencionaram dicas originais e relevantes, ou seja, sites que valem à pena:
https://creativemarket.com
https://digital-photography-school.com
https://fstoplounge.com
https://www.picturecorrect.com
http://gettyimages.com/
http://www.beyondhere.com.au
http://stockphotoadviser.com

https://www.shutterstock.com
https://photography.tutsplus.com
https://digital-photography-school.com
https://www.lightstalking.com
https://www.slrlounge.com
https://contently.com
https://www.photoworkout.com
http://www.e4s.co.uk
https://www.stocksy.com
https://enveritasgroup.com
https://www.websitebuilderexpert.com
http://anna-phillips.com
https://www.orbitmedia.com
https://www.dreamstime.com
https://oursaltykitchen.com
https://pt-br.eventials.com
https://helpx.adobe.com
http://iphotochannel.com.br
http://www.linksexperts.com.br
https://viverdeblog.com
http://blog.indimagem.com.br/
Sobre a autora:
Cacau Freire
Produtora de Conteúdo
PHOTOVIDEOBANK
@Cacau_Cacau
https://pt-br.facebook.com/public/Cacau-Freire